quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Aborto: Meu sonho teve fim!!!


Este é o começo do Post mais difícil de escrever até hoje!!!

Fiz este blog com a finalidade de desabafar as minhas angústias, conhecer casais guerreiros que assim como eu e meu marido buscam um filho, mas principalmente: para que essa criança um dia leia e saiba do quanto ela foi desejada e amada desde antes de sua concepção.

Meu sonho teve fim no dia que seria um dos dias mais emocionantes da minha vida, dia 27 de agosto, o dia da minha Primeira Ultrassom, o dia que eu imaginei durante esses 4 anos que seria lindo ouvir o coraçãozinho do meu bebê, porém a dor foi maior, não havia batimentos... Não havia mais Bebê... Sofri uma Gravidez Anembrionária!!!

O Post é longo. Vou tentar descrever os fatos:

Dia 27/08: Na noite anterior quase não consegui dormir, tamanha minha vontade de chegar logo a hora de ouvir o coraçãozinho do meu Milagrinho. Logo de manhã não fui trabalhar, pois a escola que trabalho é longe, talvez não daria tempo de chegar na hora marcada. Todo meu tratamento antes de engravidar foi particular, não temos Plano de Saúde. Porém quando soube da gravidez segui o pré-natal no SUS, e só no finalzinho da gravidez passaria para o Particular. Cheguei na hora marcada, esperei até me chamarem num corredor entupido de gravidinhas, e eu me sentindo no meio delas, pois sabia que meu Milagrinho estava dentro de mim! O médico me chamou, eu entrei e ele começou o procedimento. Perguntou ainda que descinfiado “qual a data da última menstruação?”, e eu afirmando “dia 18 de junho”. Ele estava desconfiado, não conseguiu ouvir os batimentos, muito menos viu o bebê que deveria estar compatível com o tamanho de 10 semanas. Sem me explicar NADA, pediu para a enfermeira que estava com ele que marcasse outra Ultra para 3 semanas seguintes. Eu me vesti, já com o coração na mão e antes de sair perguntei “o que está acontecendo Doutor, já era pra ver o bebê né? Já aconteceu isso outras vezes?” e ele me disse “Já aconteceu sim, e pode ser que você tenha errado nas contas, ou quem sabe é uma gravidez anembrionária”, SIMPLES ASSIM!!! Eu saí arrasada de lá. As enfermeiras ainda tentaram me consolar mas eu sabia que aquele era o início do Fim! O Fim do meu Sonho!!!!!!!!!! Minha cunhada, que estava comigo, me levou para a casa. Tentou me acalmar, disse que eu realmente podia estar errada nas contas, mas eu sabia que meu coração estava certo: Meu bebê não estava mais comigo. Contar tudo para meu marido foi horrível, ele ainda tinha uma esperança que eu estivesse errada. Chegamos a conclusão que deveríamos fazer uma nova Ultrassom, ficar naquela dúvida era horrível... Marcamos a Ultra somente para o dia seguinte, ás 18:30. Seria mais 24 horas na angústia...

Dia 28/08: A noite foi muito dolorosa para nós. Rezamos juntos e pedimos a Deus que nosso Milagrinho ainda estivesse dentro de mim. Que aquilo tudo fosse um engano... mas no fundo eu sabia que isso não iria acontecer. Fui trabalhar e tive várias crises de choro na escola. Minhas amigas tentavam me consolar, diziam que o bebê ainda era pequeno para ver e que a Ultrassom do SUS era de péssima qualidade, mas eu não me animei com nada. O tempo demorou a passar, e quando deu 18:30 eu e meu maridinho estávamos na sala com o Doutor Charles (consulta particular) no momento mais difícil de todos. Meu marido não saiu do meu lado e ouvimos juntos a confirmação do Aborto Retido. O médico disse “realmente você esteve grávida, mas o embrião não se desenvolveu. Está com ABORTO RETIDO, precisará de uma curetagem pois o saco gestacional e a placenta continuam se desenvolvendo normalmente. Daqui a pouco você vai ter até barriguinha mas não há mais bebê”. Foi horrível ouvir isso. Uma dor avassaladora tomou conta de nós. Meu marido permaneceu forte, e eu desmontei inteira... Eu só sabia chorar e pedir DESCULPA a ele por aquilo tudo. Senti naquele momento uma culpa muito grande, e ele me consolando, falando que ninguém tinha culpa de nada. Fomos para a casa arrasados. Queria apagar esse dia da minha memória.

Dia 29/08: Não dormi nada! Levantei bem cedinho e fomos ao Pré-natal da cidade para sabermos qual era o próximo passo. Fui a primeira a ser atendida, Deus naquela manhã colocou no meu caminho um médico que mais parecia um anjo. Acolheu nossa dor, e saciou todas as nossas dúvidas. Contei a ele tudo o que havia acontecido, da nossa dificuldade de engravidar... eu com SOP e marido com poucos espermas. Ele olhou meus exames e disse “nada disso importa. O que houve foi uma fatalidade sem explicação. Estou vendo sua Ultrassom e seus ovários estão limpos no momento, e quanto aos espermas... vocês só precisam de um, não é mesmo?!”, contou também que ele e sua mulher haviam passado por um aborto e ela conseguiu ter um bebê com mais de 30 anos. Foi maravilhoso ouvir aquilo!!! Saímos de lá mais conformados, com encaminhamento para a internação (na cidade vizinha, pois minha cidade não tem hospital no momento. Óh o Absurdo!!!).

Dia 30/08: Aniversário do meu Maridinho. Senhor, que dó!!! Seguimos cedo para a cidade de Irati (minha cidade natal), onde eu iria ser internada. Maridinho ficou o tempo todo comigo, algumas das enfermeiras são minhas amigas de infância. Fui super bem tratada o tempo todo. Fiquei em jejum até as 10:30, quando a médica me atendeu e colocou o remédio (por baixo!) para que o colo do útero se abrir e o aborto pudesse acontecer. Depois disso almocei (sopinha) e descansei o corpo e a mente na cama de um hospital. Acabou o horário de visita e o marido foi embora, meu sofrimento começou... as horas seguintes foram de MUITA DOR e sofrimento, nem vou descrever. Tomei soro durante todo o tempo, de noite e de dia!!!

Dia 31/08: Dormi algumas horas à noite, a dor intensa não permitiu que descansasse. De manhã não recebi lanche, a médica veio me ver no quarto e me encaminhou para fazer nova Ultrassom. Constatou que apesar do meu sofrimento ainda haviam restos no útero, a curetagem seria necessária. Minha Amiga Linda, que é enfermeira lá me ajudou a tomar banho, pois estava com o soro e fui encaminhada para o Centro Cirúrgico, entrei 8:30 e saí 9:50. Foi tudo tranquilo. O anestesista me contou que sua mulher passou por uma Gravidez Anembrionária e logo conseguiu uma outra saudável em alguns meses. Fofo! Recebi alta neste dia, fomos para a casa ás 21:00 horas.

As recomendações da médica é evitar nova gravidez nos próximos 3 meses.

Já chorei muito. Tenho crises de choro horríveis... Fico me questionando porquê tudo isso aconteceu com nós. Tantas perguntas sem respostas. Dor, dor e dor!!!!!!!!!!!!

Não sei quando estarei melhor, não sei quando voltarei a sonhar com uma nova chance de ter meu Milagrinho... Estou triste demais para voltar a sonhar agora. Demorei a ter coragem de escrever tudo aqui no blog, talvez ficarei quietinha aqui no meu cantinho por algum tempo, até entender porquê Deus está nos provando assim.

Desculpem o Post grande, só não é maior que a minha tristeza...

Bjinho


"Filho, você esteve pouco tempo comigo... Fui seu porta-jóia. Mas Você foi o melhor presente que Deus poderia me dar. Te Amarei pra sempre..."

9 comentários:

Anônimo disse...

Juliana,confie em Deus que vc brevemente vai ter um bebezinho em seu ventre e dessa vez vai transcorrer tudo bem.

Lyanna Souza disse...

Ju, imagino a dor que devas está sentindo nesse momento e sei que nada do que eu ou qualquer outra pessoa te falar conseguirá aliviar a tua dor, mesmo assim gostaria que soubesses que estarei orando para que o Senhor conforte o teu coração e te encoraje a seguir em frente...Bjos!!!

Kethlin disse...

Sinto muito... senti na pele isso, um fds inteiro. os medicos se enganaram, resultados de exames deram errado... tive fé! Meu beta estava caindo, me disseram que tinha uma gravidez nao evolutiva, que era só esperar o corpo expelir o embrião. Foram 3 dias de agonia e tristeza extrema. Fui atras de outro médico (particular) e mais 2 novos exames... e lá estava ele lá, crescendo saudavel! (http://diariodamamaeketty.blogspot.com.br/search/label/Susto) Não desista, seu bebe vai chegar, em breve. Tenha fé! Bjs

Val disse...

Ju eu sei exatamente o que está sentindo, passando. Passei por isso duas vezes em menos de três meses e hoje meu filho está com quase 02 meses. Tive uma série de dificuldades assim como você te escrevo para te dar esperança que Deus sabe o que faz e para vc não desistir...

♥ Mini Rosa ♥ disse...

Ju.....
Através deste aborto...vc pode ter a certteza de que vc pode ser MÃE...mesmo com a SOP.....deu mostrou que isso não é impossive engravidar
tENHA CALMA...SEU MOMENTO VAI CHEGAR

seu corpo vai ficar limpinhoooooo e ficará pronto pra receber um novo bebe....

tenha fé

neide disse...

Deus saberá conforta o seu coração .
Creia que sua hora vai chega.
tenha força para receber um novo bebe.


eneide

Nosso Cantinho disse...

Olá Juliana! Imagino sua dor e me coloquei em seu lugar! Tb passei por uma perda, diferente porque descobri que a gravidez virou uma doença que se chama Mola, isso em janeiro, e só vou poder tentar novamente agora em outubro.

Que Deus conforte o seu coração e te de forças. Lembre que nada está perdido e que tudo na vida tem um propósito. Quem sabe Ele não quis te livrar de uma pior ne?

Beijão!

http://www.nossocantinhotem.blogspot.com.br/

Vanessa dias disse...

Olá!
Passei pela mesma dor é inexplicavél e isso já faz 1 ano 3 meses e até hoje choro pelo filho que tenho em meus braços.Se vc puder compra o livro inconcebível li ele a pouco tempo e me fez muito bem.BJSSSS

Anônimo disse...

Passei pelo mesmo que vc porem estava de 21/22 semana s no dia 05/08/13sindrome de help o teror de uma gravidez meu filho foi retirado sem ter menhum prpblema meu corpo o rejeitou e meu coracao o dezeijava tanto.mais deus vai nos comfortar e nos permitir ser mae novamente